Archive for julho \31\UTC 2008

Felicidade

julho 31, 2008

Agora dá pra ver 😀

Pretty in Pink

julho 28, 2008

Descoberta do dia: Jon Cryer, de Two and Hald Men, era o Duckie, de Pretty in Pink (ao lado de Molly Ringwald e Andrew McCarthy). Rapaz, eu SABIA que já tinha visto essa criatura em algum lugar!!! Por que eu descobri isso hoje? Porque, aparentemente, Pretty in Pink (como era mesmo o nome do filme em português???) vai virar game. Não me pergunte como.

And now, back to actual life.

Felicidade

julho 26, 2008

Gordinho surtando de alegria com minha chegada em casa (ok: também Lady Di e Doguinha). O pobre pug desnorteado não sabe pra onde correr, portanto, corre para todos os lados ao mesmo tempo. Quase endoida! 😀

Capitalismo

julho 24, 2008

Quando chegamos ao Geni, ontem, paramos bem em frente, na rua. Milagre? Não, passava um pouco das 20h e a placa dizia que era proibido parar até justamente as 20h. Alegria rara em SP. Quando voltamos, meia-noite e pouco, a surpresa: a placa acabara de ser substituída por uma que proibia o estacionamento e ponto.

Não, não fomos multados. Nem a CET seria tão imbecil. Acho. Mas, além da frustração por saber que não teremos mais onde parar o carro, a surpresa: os estacionamentos em frente, que, quando chegamos cobravam os já “módicos” R$12 para a noite, já haviam “corrigido” seus preços — num papel sem-vergonha escrito à mão — para mais “justos” R$15. E é isso aí: quer, paga, não quer, va fan culo.

Isto é o capitalismo brasileiro: o PIOR dos dois mundos. Altíssimos impostos, serviços públicos de quinta & lei da oferta e demanda azeitada como nem Adam Smith sonharia. Saiu matéria da Folha esta semana sobre SP estar mais cara para a classe média do que NYC. Já sabíamos disso. O que eu fico tentando entender é: 1) onde vai parar essa escalada (no ritmo que a coisa vai, a qualquer momento pagaremos 50 reais por um hamburger , 25 pelo vallet, 10 por um chopp, 80 por uma pizza… e achando normal, o que é mais interessante!) e 2) o que isto revela sobre nós, “paulistanos”, “brasileiros” etc.

Eu (pra variar) tenho uma teoria, que gira em torno do novo-riquismo paulistano/brasileiro: quem nunca comeu melado, quando come, acha que se lambuzar todo é a coisa mais normal e chique do mundo. Ou, em outras palavras: para um povo sem cultura, sem referência, mas com recém (e, em grande parte dos casos, imoral e ilicitamente) adquirido dinheiro, é LINDO pagar R$15 no vallet, R$6 no chopp, R$20 na caipirinha de frutas vermelhas, R$43 na pizza, R$20 no sanduíche. “Seleciona”.

Pois eu, meus caros, só me lembro de que no 7A, na esquina da Av. A com a rua 7, em Mannhatan, até o verão americano de 2005, continuava-se pagando algo em torno de 10 doletas para comer um dos melhores hamburgers do mundo, com salada+picles, uma montanha de batatas fritas deliciosas, uma coca-cola (com direito a todos os refills que seu estômago junkie conseguir absorver) and tip. E era uma hamburger joint chique, viu???

Definitivamente: este país é ESTRANHÍSSIMO!!!

Maxi-bolsa

julho 21, 2008



Maxi-bolsa

Originally uploaded by gomezzz

A Cobra verifica na prática a vastidão da nova maxi-bolsa 😀

Habemus muffins!

julho 20, 2008

Habemus muffins!

Originally uploaded by gomezzz

E agora também habemus câmera! (Um já foi comido pela Cobra antes d’eu conseguir tirar a foto!)

Nome Próprio

julho 20, 2008

Primeiro motivo para ir ver Nome Próprio, novo filme de Murillo Sales, com Leandra Leal, trilha sonora do meu amigo Sacha Amback, co-montagem da Piiiilvia: cena no Filial com direito a aparições de Ailton e Joaquim!!!

Depois desse motivo essencial, vale dizer que, mesmo eu tendo PAVOR da Clara Averbuck (or whatever her name is) e do que eu considero essa coisa bukowskiana fake de “eu sou auto-destrutiva e bebo e fumo e tomo remédios e trepo com todos e é isso aí” (zzzzzzzz…), gostei bastante do filme. Essencialmente, pela Leandra Leal, que tem muito mais colhões do que a personagem, tá nua uns 80% do filme, linda e fodidérrima (em vários sentidos, aliás). Gente grande pra caralho essa menina, viu? E Murillator filmando pra caralho também. E a montagem, precisa, as ambiências sonoras legais e tal e coisa. Ah, e a solução para os textos dos posts da personagem, bacaninha (sei, palavra escrota, mas não tô inspirada).

Mas recomendo. Agora: é pra quem tem paciência com verborragia, a tal personagem bukowskiana-fake e coisas assim. Mas eu recomendo.

Life’s a bitch

julho 18, 2008

(Angeli, Folha de hoje)

Estudo e lazer

julho 17, 2008

Estudo e lazer

Originally uploaded by gomezzz

Lendo “O Ser e o Evento” e comendo um hamburger. Porque, enquanto houver a tese, eu tenho o direito de me mimar de todas as maneiras. E pronto.

(Para Pablo)

House of Cards

julho 17, 2008

Bombando no Google/Youtube, mas tem que ver. Radiohead definitivamente rocks (embora, que fique claro: essa “tecnologia” não foi “inventada” agora! Aliás, melhor ainda é o making of.)